Apesar da pouca idade (apenas, 20 anos), Petrúcio Ferreira já conquistou mais do que muitos velocistas paralímpicos antes dele. Competindo na categoria T47, o paraibano já é recordista mundial de sua categoria nos 100m rasos, além de ter em seu currículo um título mundial, um paralímpico e ainda duas outras medalhas de prata nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. 

Engana-se, porém, quem acredita que Petrúcio chegou a seu limite. Acompanhado pela equipe de filmagem do "Projeto Tóquio", quadro do programa Esporte Espetacular, da TV Globo, que acompanha jovens talentos que buscam disputar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Japão, em 2020, o velocista veio ao NAR-SP para participar de avaliações físicas, a fim de melhorar uma parte bastante específica e importante de sua prova: a saída de bloco. 

É assim, com a ajuda do NAR-SP, que Petrúcio espera continar quebrando barreiras e alcançando pódios. 

Veja a galeria completa
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support