Você não os conhece. Dificilmente sabe que o esporte sequer existe. Porém, acredite: o vôlei sentado brasileiro é um dos melhores do mundo – e deve trazer uma medalha paralímpica em 2016, no Rio de Janeiro. E, nesta manhã, eles foram avaliados pelo Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo. 

O esporte – jogado por atletas com membros amputados e com outros tipos de deficiências locomotoras – está em ascensão no Brasil, e isso se prova nos últimos resultados: um 4º lugar em Londres-2012, uma medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos em Toronto e um vice-campeonato no último Campeonato Mundial. 

"Anteriormente, EUA e Canadá estavam acima de nós. Hoje, não só diminuímos essa diferença como os ultrapassamos, e muito," disse o técnico Paulo Mantovanelli. 

No último Campeonato Mundial, a equipe só parou na final, vencida pela potência Irã. Agora, no ano que vem, e dessa vem "em casa", a equipe está confiante que chegará não só à final, como também ao lugar mais alto do pódio. 

Nesta terça-feira, os atletas passaram por testes de potência dos membros superiores. 

Veja a galeria completa
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support