Atletas da seleção brasileira de natação paralímpica vieram ao NAR hoje para suas últimas avaliações físicas do ano que precede as Paralímpiadas. Em entrevista ao NAR, o nadador Roberto Alcade – que trouxe ao Brasil duas medlhas Parapan-Americanas este ano, de ouro e bronze – foi enfático: eles não irão descansar até o término dos Jogos Paralímpicos, no fim de agosto. 

"Descanso?," ele indagou ao ser questionado sobre as supostas férias de fim de ano, "sem chances. Agora é treinar em casa e já pegar pesado o ano que vem. Não vamos parar," ele disse. 

Os atletas ainda buscam os indíces para disputar os Jogos no Rio, embora muitos deles – Roberto incluso – acreditam já ter conquistado suas respectivas vagas. Ainda assim, o discurso é um de início de trabalho, e não de fim. 

Roberto ainda destacou que estes serão seus primeiros jogos – fato que, ele diz, o motiva muito. 

Os medalhistas Parapan-Americanos passaram por testes de salto e potência dos membros superiores e inferiores, dependendo de suas respectivas categorias. 

Veja a galeria completa
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support