Campeão olímpico e dono de seis medalhas em Campeonatos Mundiais, Cesar Cielo pode ficar fora das Olimpíadas. O velocista ainda não conseguiu o índice para os Jogos e a última chance será no Troféu Maria Lenk, que será disputado a partir desta sexta-feira, no Rio de Janeiro. A primeira prova que Cielo vai entrar em ação é os 100m livre, na segunda-feira. Dois dias depois, nadará os 50m, sua especialidade. Para Gustavo Borges, dono de quatro medalhas olímpicas e comentarista do Time de Ouro da Globo, o desempenho nos 100m determinará o que Cielo fará nos 50m:

– A primeira prova que ele nada, os 100m livre, vai ser decisiva. Segunda-feira de manhã, nas eliminatórias, dará início a um momento muito importante, que é a presença dele ou não. Ele merece estar nas Olimpíadas, por tudo que ele já fez – disse Borges, em entrevista dada no Núcleo de Alto Rendimento na terça-feira.

Confira a matéria completa aqui.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support