A suspensão de cinco meses de Ana Claudia Lemos chega ao seu último dia neste sábado. A velocista foi flagrada em um exame antidopingfora de competição coletado no dia 3 de fevereiro e contendo o anabolizante Oxandrolona. No entanto, após comprovar que houve uma contaminação cruzada de um medicamento, ela está apta a estar na convocação da seleção brasileira para a Olimpíada do Rio de Janeiro. A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) confirmou que a atleta estará na lista anunciada neste domingo.

A Confederação tem acompanhado os treinamentos de Ana Claudia, que foi desligada do seu clube, o São Caetano do Sul, mas não alterou sua rotina de trabalho. Ela continua utilizando a estrutura do Núcleo de Alto Rendimento (NAR), em São Paulo. Desde a divulgação do caso de doping, no começo de março, Ana Claudia não se pronunciou. Ela acompanhou algumas provas do Troféu Brasil na sexta-feira, mas manteve o posicionamento de só se manifestar ao fim de todo o processo.

Confira a matéria completa aqui.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support