Antes de entrarem para a seleção brasileira de bobsled, Jacque era saltadora, enquanto Sally competia nos 100m rasos. Convocadas por Edson Bindilatti – experiente líder do time masculino de bobsled -, a dupla teve quer aumentar a carga de treinamentos físicos para se adaptar à nova modalidade. Só o trenó utilizado na competição pesa 170kg, e para empurrá-lo é necessária uma intensidade maior nos membros superiores.

– Quando competíamos no atletismo, éramos mais magras. Agora, fazemos um treinamento de força, principalmente membros superiores. A velocidade, já treinávamos, mas agora temos que treinar a força. O trenó em si pesa 170kg, e temos que ficar colocando em cima de caminhão, tirando, empurrando, é um peso que temos que estar bem treinados para carregar – disse Sally.

Em agosto, a Confederação Brasileira de Desportos de Gelo (CBGD) inaugurou a primeira pista para o treino do bobsled no Brasil, localizada no Núcleo de Alto Rendimento de São Paulo (NARSP). Projetada por Odirlei Pesson, do time masculino, a pista tem como principal função facilitar o treinamento para o arranque. Segundo Sally, a estrutura não deve em nada às principais seleções do mundo e trará bons frutos para o Brasil em competições futuras.

Confira a matéria completa aqui.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support