Os velocistas da seleção brasileira de atletismo paralímpico vieram ao NAR hoje para as últimas avaliações antes de viajar para os Jogos Parapan-Americanos em Toronto. Eles embarcarão no dia 2 de agosto e batalharão para manter o favoritismo brasileiro em terras norte-americanas. 

Os atletas foram divididos em dois grupos – um de manhã e um de tarde – para testes de salto e potência dos membros inferiores. Os grupos foram separados por região de treinamento e o grupo de manhã ainda aproveitou a pista do NAR para um breve treinamento técnico. 

De acordo com o treinador Amaury Veríssimo, todos os atletas têm esperanças de pódio em Toronto. "Todos os que estão aqui no NAR estão no top 3 de sua modalidade nas Américas," ele diz. 

O coordenador técnico da Confederação Paralímpica Brasileira (CPG), Ciro Winckler, muitos brigam pelo ouro. "É uma grande responsabilidade, mas eu acredito que muitos destes atletas estão no Top 2 das Américas."

Um destes atletas, sem dúvidas, é Lucas Prado. Velocista da categoria T11, Lucas já foi o recordista mundial dos 100m e 200m. Hoje, porém, ele detém apenas a segunda marca. Ainda assim, o velocista faz uma promessa corajosa antes dos Jogos em Toronto. 

"Estou indo lá pra ser recordista de novo," diz o mato-grossense. Amaury avisa que seu atleta não obteve bons resultados nos últimos dois anos e que sofreu um pouco com lesões, mas que vem treinando muito bem nas últimas seis semanas e "mostrou ótima evolução."

Um terceiro grupo de atletas paralímpicos – saltadores e lançadores – estará no NAR amanhã, para mais avaliações. 

Veja a galeria completa
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support