O Instituto Península terá um reforço de peso para os seus projetos incentivados. Trata-se da Motorola, empresa que leva em seu DNA a busca constante por inovação na comunicação móvel.

Com a parceria, que ocorrerá por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal, a Motorola ratifica o seu compromisso em buscar oportunidades de mudar a vida das pessoas para melhor, ciente do poder que o esporte tem de conectar as pessoas, assim como a marca.

O projeto será executado nas dependências do Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo, e oferece estrutura de treino e avaliações físicas para 65 atletas de alto rendimento, entre olímpicos e paralímpicos. A parceria chega em um momento estratégico para o esporte brasileiro, que se prepara para competir nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio, inicialmente previstos para 2020, e que acontecerão em 2021.

O NAR-SP é reconhecido como um centro de excelência esportiva e referência internacional em pesquisa científica e prescrição do treinamento esportivo. Anualmente, o núcleo recebe 1.7 mil atletas, muitos deles referências em suas modalidades.

A Lei Federal de Incentivo ao Esporte permite o investimento de parte do Imposto de Renda para financiar projetos nas manifestações desportivas ou paradesportivas educacional, participação ou rendimento. As empresas podem destinar até 1% desse valor e as pessoas físicas, até 6% do imposto devido.

O engajamento deste trabalho conjunto entre governo e sociedade impacta diretamente no fomento e desenvolvimento do esporte no Brasil.

Deixe seu comentário

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support